Atendimento:

+55 11 3237-3382

351 968 952 212


Tire suas Dúvidas

Ao clicar no botão “enviar mensagem”, autorizo a Eurovistos a encaminhar email ou ligar para meu telefone, a fim de estabelecer uma relação para obtenção de contratação de um serviço, para realização de ações comerciais e de marketing, incluindo o desenvolvimento e oferta de novos produtos, nos termos da nova Lei de Dados Pessoais.


Serviço de Cidania autorizado, prestado
pela Heber Advogados sob supervisão
do advogado Heber Eduardo.

Quer mudar definitivamente de vida e abrir as portas da Europa para realizar todos os seus sonhos? Adquirir Nacionalidade portuguesa é um grande passo para viabilizar todo este cenário, porém, é muito comum pessoas se frustrarem por cometerem erros primários como não entender profundamente se tem realmente direito ou como organizar os seus documentos.

Acompanhe abaixo como conduzir o seu processo de forma correta.

Quem tem direito?

A princípio, têm direito à nacionalidade portuguesa, os filhos de portugueses, netos, cônjuges, companheiros, filhos menores e residentes no país há mais de 6 anos. Para conseguir esse título tão sonhado é necessário estar enquadrado às regras que regem a matéria. Entenda melhor como adquirir a nacionalidade portuguesa no próximo tópico.

Nota: Os casos expostos são os mais comuns à realidade do brasileiro que tem este desejo; porém, a Lei de Nacionalidade Portuguesa contempla também casos onde exista a adoção de um cidadão estrangeiro por um português, e, descendentes de judeus sefarditas.

Quais são os documentos para a nacionalidade portuguesa?

Muitos sites colocam uma relação de documentos para o requerimento da nacionalidade portuguesa como se fosse válida para todos os casos. Esse erro pode atrasar e muito o seu processo.

Para não entrar em uma onda de frustração, recomendamos conversar com um especialista, que vai analisar o seu caso com toda minúcia, indicando-lhe todos os documentos corretos para a sua situação.

Prazos

O prazo para a obtenção da nacionalidade difere em cada caso; daí a necessidade de uma análise da situação fática de cada requerente, bem como de um meticuloso exame dos documentos apresentados. Segue abaixo, uma relação da estimativa média de prazos, baseada em informações fornecidas pelos competentes órgãos portugueses, elaborada pela Eurovistos:

- Neto de Português: 6 a 12 meses

- Cidadão estrangeiro residente em Portugal: 4 a 6 meses

- União estável com Português: 6 a 12 meses

- Atribuição filho de português: 2 a 4 meses

- Inscrição de filho menor de português: 15 a 30 dias

Nota: Em casos de processos que demandem a transcrição de casamento, revisão de sentença estrangeira ou retificação de registro civil, dentre outros, os prazos podem variar.

Como a Eurovistos trabalha?

Analisando de forma minudente a solicitação de cada cliente, tem-se que, o primeiro passo é a solicitação dos documentos necessários ao requerimento voltado à aquisição da nacionalidade portuguesa, para que se viabilize o pedido propriamente dito. Os processos são devidamente protocolados em Portugal, o que garante legitimidade ao sonho de quem procura os nossos serviços.

O seu sonho é coisa séria.

Trabalhamos também com a consultoria completa e apoio voltados à aquisição de vistos em geral. Acesse o link em nossa home page para saber mais.